top of page
  • Foto do escritorYukê Comunicação

Duo VioLírico encerra as apresentações culturais do 4º Salão de Turismo

Texto: Sirley Silveira *


Azzumy e Rafael fecharam a noite com muita música para os visitantes do evento



A 4ª edição do Salão De Turismo Campos Gerais, encerrou no sábado (27) com a atração musical Duos VioLírico, tendo no vocal a cantora baiana Azzumy e no violão, o músico Rafael, ambos fazem parte do Conservatório de Música Maestro Paulino.


Azzumy é formada na Bahia, e quando foi morar em Curitiba, soube de uma seleção do Conservatório De Ponta Grossa, onde fez o teste e foi aprovada, hoje ela é professora do Conservatório. A cantora conta que a vocação na música começou ainda quando criança, ela diz que gostava muito de anime e sempre aprendeu todas as músicas dos animes até chegar na adolescência e começar a tocar violão.


Além do lírico, Azzumy canta outros estilos musicais e fala quais são as suas influências:

“Eu diria que as maiores inspirações na música são Amy Lee, Evanescence, gosto de culturas japonesas, e aí de modo geral, eu escuto de tudo. Já escutei muito Marisa Monte e as cantoras pop, as brasileiras, as do Estados Unidos, a Iza atualmente. São minhas principais influências".

Seu parceiro de música Rafael, também é professor no Conservatório e foi que lá conheceu Azzumy e resolveram formar o Duos VioLírico. Rafael é da cidade de Ponta Grossa e ele conta como iniciou sua carreira na música. “Na música eu comecei na verdade como participante de banda, acabei desenvolvendo com o tempo, fazendo faculdade, acabei gostando do violão, fiz conservatório de violão, fiz Licenciatura na UEPG, e eu também desde criança, quando eu paro para pensar na minha infância, na minha adolescência, sempre estive cercado de música. Mas nunca fui atrás e me alfabetizando, isso aconteceu mesmo depois quando eu decidi seguir profissionalmente”, conta.


Para Azzumy, foi uma grande experiência se apresentar no Salão de Turismo:

“Achei maravilhoso! Achei incrível, ver o pessoal ali acompanhando, porque a gente imaginou que fosse só uma exposição. Tem exposição e tem também as instruções a respeito dos produtos, gostei muito”.


Sobre a agenda da dupla, Azzumy comenta que os próximos shows, serão na capital paranaense: “Temos mais shows marcados em Curitiba, estou com o meu parceiro aqui de música popular, a gente tem shows lá e aqui em Ponta Grossa também algumas apresentações”.


Chica, a organizadora do evento explica como foi a participação dos stands e das atrações no Salão de Turismo.

“Nós enviamos um convite para todas as prefeituras e as entidades de cultura e turismo que estavam presentes e eles se inscreveram para participar. Então foi um convite aberto, um número x de vagas e montamos a programação. Ao todo, estiveram 19 stands, entre empresas e prefeituras”.

Ela também diz, que a inclusão foi uma das novidades nessa edição: “Das apresentações artísticas, estava muito rica, bem diversificada, todo ano as prefeituras têm várias atrações, vários músicos e grupos de dança. Então eu acredito que esse ano foi bem bacana, porque junto com o salão, com as apresentações, também nós trouxemos o grupo aqui de Ponta Grossa que é o Dança Sem Limites, que é um grupo de dança para pessoas com deficiência, e uma das atividades também da Semana da Pessoa Com Deficiência, foi realizado aqui. Então, eu acho que esse foi o diferencial desse ano, a inclusão de várias pessoas com e sem deficiência dentro do salão. Acho que a questão de todos estar presentes aqui esse ano foi bem. Nós ter o nosso papel cumprido e atingindo as expectativas”, ressalta.



Comentários


bottom of page